Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos > Artigos

Artigos

 
  • Abaixo as armas

    Imirante, em 15/08/2023

    O severo controle e a compra das armas pela União, no entanto, foram medidas de grande efeito, que foram lentamente reduzindo a catastrófica violência que tomou conta do País.

  • Um homem lúcido

    Estado de São Paulo, em 09/08/2023

    O que, pensando racionalmente, se é que alguém no mundo pensa racionalmente, a não ser os Inteligentes Artificias que entraram em moda. No entanto, confesso que tenho 87 anos e ainda não encontrei nenhum Inteligente Artificial e me alertaram que se eu for procurar entre os políticos, aí é que ficarei desiludido. É um desastre.

  • Previdência Imprevidente

    Imirante, em 01/08/2023

    No Brasil seguimos esse passo com grandes limitações. Já nos anos 30 criamos os institutos de aposentadoria e pensões por classes — a ideia fascista da política classista dominava. O regime militar fez a fusão da previdência social no INPS – Instituto Nacional de Previdência Social. Mas as aposentadorias e pensões não eram universais, e fora delas as outras atividades sociais eram muito limitadas.

  • E a violência?

    Imirante, em 25/07/2023

     Preocupa-me, ainda, o elevadíssimo número de armas e munições que continuarão em poder de pessoas que delas não necessitam. O controle das armas e munições tem que ser rigoroso.

  • A aranha é o caos para a mosca

    O Globo, em 23/07/2023

    O sucesso de Xuxa na televisão e no resto do Brasil corresponde, mais ou menos, ao tempo entre o fim da ditadura cívico-militar que começou em 1964 e a redemocratização em 1985, com a vitoriosa candidatura de Tancredo Neves à presidência. Esse é um período em que a população começa a abandonar a admiração pelo que os ditadores prometiam ao povo brasileiro no auge da implantação do regime de exceção.

  • Graças à arte somos eternos

    Facebook/Redes Sociais, em 17/07/2023

    Baudelaire já escreveu com mestria em Ideal o peso do tempo, “esse obscuro inimigo que nos corrói o coração”. Mas o poeta sabia muito bem que a arte, além da religião, logra neutralizar o tempo.

  • Como nossos pais

    O Globo, em 16/07/2023

    Imagine a cena. Lady Gaga chega para ver a estreia de “Coringa”, um filme que já era um mito público, mesmo antes de ser feito. Devo dizer que não compactuei com o mito e, quando o filme foi realizado e distribuído pelo mundo afora, reagi irritado com seu despudor, sobretudo por causa do personagem principal, que justifica sua falta de caráter pelo modo com que é tratado pelos outros.