Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos > Artigos

Artigos

 
  • O poder da máquina

    O Globo, em 27/02/2023

    Na marca de um ano da invasão da Rússia na Ucrânia, nada melhor para conhecer as intrincadas razões do primeiro-ministro russo Vladimir Putin para desencadear essa ação irresponsável do que ler 'O Mago do Kremlin', do cientista político italiano Giuliano Da Empoli, lançado no Brasil no final do ano passado, premiado com o Grand Prix da Academia Francesa. Putin é um homem que não se interessa em ganhar o Prêmio Nobel da Paz, mas em vencer os separatistas, que representam uma ameaça à Federação Russa.

  • O brilho de Proust

    Chumbo Gordo, em 27/02/2023

    Com a saúde fragilizada desde a infância por conta da asma, a vida de Proust é, sem dúvida, o testemunho do permanente esforço para adaptação à doença, para a resistência ao sofrimento. Chegou até a dizer que 'a ideia da morte o acompanhava com a mesma constância quanto a da própria identidade'?

  • O que devo a Raquel Welch

    Jornal O Estado de S. Paulo, em 26/02/2023

    Raquel Welch se foi. A mulher mais sexy do mundo era mortal, porque imortalidade não existe. Existisse, seria insuportável. O que teria sido de mim sem aquela atriz? Teria feito que carreira? Thomaz Souto Correa era diretor da Claudia em 1966 e me chamou: 'Quer deixar o jornal diário e vir para uma revista mensal?'. Fiquei siderado. Claudia era a revista feminina mais importante do Brasil. Moderna, trazia Carmen (com N) da Silva, que hoje estaria à frente do #MeToo.

  • Sem intermediários

    O Globo, em 23/02/2023

    É próprio de governos com espírito autoritário querer uma ligação direta com a população, prescindindo, ou pelo menos relegando a segundo plano, os canais comuns nos regimes democráticos: partidos políticos, imprensa livre. Na sua forma mais radical, a democracia direta se utiliza de plebiscitos, que podem ser manipulados, para consultar o povo sobre decisões importantes.

  • A Mandíbula de Caim

    Comunita Italiana, em 22/02/2023

    Quem adentra esse mundo 3D, torna-se coautor da narrativa, segunda alma de Edward Mathers.

    Este romance precisa de você. Não aprecia monólogos solitários. Nasceu para o diálogo, para ouvir suas ideias. O espetáculo começa quando você chega. Só depois abrem as cortinas.

  • A rapidez do Brasil

    O Globo, em 19/02/2023

    Acho que, ao contrário do que a gente pensa e diz, tudo no Brasil acontece numa velocidade que, para o bem ou para o mal, não tem semelhança no resto do mundo. Ninguém sabia direito quem era Jair Bolsonaro e ele foi eleito presidente do país. O que quase acontecia de novo agora, quando tentou se reeleger e foi derrotado por Lula que, por sua vez, poucos meses antes se encontrava na prisão para onde fora enviado pela Lava-Jato, que havíamos elogiado tanto durante sua curta existência.

  • O fim da Cultura

    Planalto em pauta, em 17/02/2023

    Como se fosse uma obrigação, todas as vezes que fui a São Paulo, nos últimos anos, visitei a Livraria Cultura, na Avenida Paulista. Era uma forma de me manter em dia com os lançamentos literários, o que é muito importante para um homem com o meu tipo de atividades profissionais. Agora isso poderá deixará de existir, em virtude do fechamento daquele famoso espaço.É de se lamentar que isso tenha ocorrido, pondo fim ao sonho da família Herz.

  • Evitas a evitar

    O Globo, em 16/02/2023

    Não é bom sinal que, com menos de dois meses de governo, já se fale em possíveis sucessores de Lula. Pior ainda quando se coloca a primeira-dama no páreo. Janja virou até fantasia de carnaval. O próprio presidente sentiu cheiro de queimado no ar e tentou desarmar a bomba, recuando prematuramente da promessa de não disputar a reeleição.

  • O grande Mauro Salles

    Chumbo Gordo, em 15/02/2023

    Mauro Salles gostava de repetir a frase irônica do presidente da Universidade de Harvard, Derek Bok: 'Se acham que a educação é cara, tentem a ignorância.'?

  • Da alegria

    Os Divergentes, em 14/02/2023

    Parece que da etimologia da palavra 'carnaval' a única coisa certa é que se refere a carne. Seria para designar a abstinência de carne da quaresma? Ou, como queria o pai italiano de minha amiga Zélia Gattai, para afirmar que 'o que vale é a carne', jogando a origem da festa para as farras romanas ou germânicas, quando não a uma verdadeira bacanal grega? Essa origem europeia pode ser incontestável, mas basta ver a tristeza do carnaval de Veneza ou a imitação que são os carnavais que pipocam mundo afora para saber que carnaval como sinônimo de alegria tem origem bem brasileira, isto é, africana.

  • Viver sem ela?

    Jornal O Estado de S. Paulo, em 12/02/2023

    Na rodoviária, Alzeni pediu.

    'Por favor, uma passagem para Duas Passagens.'

    O bilheteiro estendeu duas passagens.

    'Quem pediu duas? Disse uma!'

  • Lumiar outra vez

    O Globo, em 12/02/2023

    No campo de Minas Gerais, o verbo “lumiar” significa acender, iluminar, clarear, botar fogo em volta. Foi isso que sempre fizemos em nossos filmes dos anos 1960 em diante. Aquilo tudo era chamado de Cinema Novo e não tinha muita regra, o negócio era filmar o Brasil como a gente achava que ele era, a partir de sua cultura popular e sobretudo do que se encontrava diante de nossos olhos. E, se possível, fazer isso de um jeito original, como se estivéssemos inventando o cinema.

  • Uma biografia devagar, devagarinho

    Correio Braziliense Online, em 11/02/2023

    O cantor e compositor Martinho da Vila é uma figura muito querida. Ele faz muito sucesso com as suas músicas, todas com muita inspiração, baseadas no que hoje chamamos de samba de raiz. E estendeu o seu êxito à família, como acontece com a filha Martinália. Martinho da Vila é considerado um dos maiores representantes do samba e da MPB no Brasil, com toda a razão e com todos os méritos.

  • O guarda-chuva do Zé Luís

    Chumbo Gordo, em 09/02/2023

    Era mais do que um simples ministro. Quando Carlos Lacerda quis criar a Editora Nova Fronteira, contou com o apoio do guarda-chuva do Zé Luís, assim como aconteceu com diversos filmes do Cinema Novo, como 'Terra em Transe', 'Deus e o diabo na terra do sol' e 'O padre e a moça'?

  • Café é Cultura

    Chumbo Gordo, em 08/02/2023

    Depois do apogeu do Ciclo do Café veio o declínio, com a marca da nossa triste estratificação social. A presença dos escravizados é um capítulo lamentável da nossa história, que é contada aos visitantes de hoje, com a natural curiosidade de uma fase realmente importante da nossa história?