Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos

Artigos

  • Resposta da Justiça

    O Globo, em 03/08/2021

    Como aqueles arruaceiros de rua que vivem atrás de pretexto para uma briga, o presidente Bolsonaro não passa um dia sem atacar o Supremo Tribunal Federal (STF) e seus ministros. E também afronta a Câmara, que se prepara para vetar a proposta de voto impresso na Comissão Especial montada para estudar o assunto.

  • Bolsonaro pode ficar inelegível

    O Globo, em 03/08/2021

    Com as declarações desta manhã, um dia após a abertura no TSE de um inquérito administrativo contra ele, Bolsonaro mostrou que está mesmo a fim de confusão; com a alegação de que está sendo perseguido, vai tentando levantar seus apoiadores para um possível golpe. Chega a ser perigoso imaginar isso, mas pelo que tem feito, é o que ele quer. 

  • CPI comete abuso de autoridade

    O Globo, em 02/08/2021

    A segunda temporada da CPI da COVID vai começar com muitos fatos investigados e apurados,   o ritmo vai ser mais intenso. Estão mapeando todas as irregularidades cometidas, podendo até anunciar um relatório final antecipado. Deve dar muito problemas para o governo, porque já há indícios fortes de que o governo foi, no mínimo, relaxado na questão da pandemia – há até indícios que foi deliberado o atraso na compra de vacinas e a proteção a medicamentos que não têm eficácia comprovada. 

  • O show de Bolsonaro

    O Globo, em 01/08/2021

    Assim como Truman Burbank - o personagem do filme 'O show de Truman', de 1998, que antecipou a chegada dos reality shows ao mundo televisivo - vive em uma cidade cenográfica e é acompanhado por cinco mil câmeras durante 24 horas por dia, sem saber, o presidente Bolsonaro é protagonista de seu próprio show, mas por vontade própria.

  • Bolsonaro vive uma grande fake news

    O Globo, em 30/07/2021

    O presidente Bolsonaro vive uma grande fake news, acredita em tudo o que sai na internet. Ele prometeu apresentar provas de manipulação das urnas eleitorais e apareceu em uma live ontem com um astrólogo sem a menor credibilidade, juntando fatos que estão na rede há anos, que já foram desmentidos quando mereceriam uma resposta formal, e outros para os quais ninguém nem deu atenção por serem ridículos. São bobagens que ocupam o tempo do presidente de um país em crise, e de uma rede de tv pública que não pode ser usada para campanha política – a live nada mais foi do que uma ação de campanha. Bolsonaro está fazendo da tv Brasil o mesmo que Fidel Castro com a tv oficial cubana, com transmissões de suas ações e discursos pelo país afora. Chega a ser patético, parece que ele não tem noção da realidade; tudo é fake news.

     

  • Políticos x militares

    O Globo, em 29/07/2021

    O presidente Bolsonaro é um capitão reformado do Exército depois de episódios de indisciplina graves, incluindo acusações de terrorismo para reivindicar melhores salários, mas hoje comanda as Forças Armadas. Em seguida, Bolsonaro elegeu-se deputado federal, cargo que ocupou por 28 anos seguidos em partidos periféricos e alguns do Centrão, grupo político que hoje controla seu governo como base parlamentar.

  • Centrão expeliu militares do governo

    O Globo, em 29/07/2021

    Tudo indica que a temporada golpista está terminando,  porque as instituições reagiram fortemente em todos os momentos em que Bolsonaro tentou criar clima para golpe. A imprensa livre profissional denunciou esses movimentos e os políticos, que não tinham grande ascendência no governo, a partir de quando o centrão ganhou importância para estabilidade do governo e proteção de Bolsonaro contra o inpeachment, passaram a trabalhar diante da concepção de que um golpe não serve para eles, porque perdem a sua importância num regime autoritário.

  • Bolsonaro quer partido pra chamar de seu

    O Globo, em 28/07/2021

    O presidente Bolsonaro quer ser dono de um partido político para controlar os fundos partidário e eleitoral. E por isso tem dificuldade de conseguir quem o receba. Esse foi o problema que aconteceu com o PSL, que virou o maior partido da Câmara por causa da eleição dele, mas já tinha um dono – como todos os outros – e houve um desentendimento por causa do dinheiro.  O controle da verba é a base dos líderes partidários e é um dos problemas do sistema brasileiro. Criam-se partidos para controlar os fundos e ganhar dinheiro fácil.  

  • Relação instável

    O Globo, em 27/07/2021

    A dificuldade que o presidente Bolsonaro está tendo para encontrar sua décima legenda partidária não se deve, como é óbvio, à questão programática, mas a seu egocentrismo político. Tendo sido sempre do Centrão, como admitiu recentemente, ele trocou de legenda no mesmo grupo, mas nunca teve papel relevante dentro dele. Integrante do baixo clero legislativo, Bolsonaro nunca teve importância política e quer descontar o tempo perdido.

  • A política da destruição

    O Globo, em 25/07/2021

    Ao admitir que sempre fez parte do Centrão nos seus anos de Congresso, o presidente Bolsonaro desnuda mais uma das  muitas manobras políticas que engabelaram boa parte de seus eleitores em 2018, em busca de um salvador contra a corrupção dos hábitos políticos. Muitos outros votaram nele sabendo exatamente de quem se tratava, mas interesses pessoais de toda sorte levaram a que aderissem a uma candidatura que só poderia dar no que deu, um governo disfuncional e absolutamente sem rumo. Que tem o único objetivo de destruir o que foi construído desde a redemocratização do país, transformando-o em uma arena  regressiva guiada pela incitação ao ódio.

  • Terceira via pode achar seu caminho

    O Globo, em 23/07/2021

    O general Mourão fez uma análise correta sobre a adesão de Bolsonaro ao centrão, avaliando que o eleitor dele pode ficar confuso com o episódio. Acontece que Bolsonaro não tem outra escolha, a não ser se entregar ao centrão. E a partir daí, corre o risco de perder parte do eleitorado. Ele joga com o risco de que o candidato adversário será Lula, que não será o escolhido pelo eleitor arrependido ou decepcionado, e nesse ponto ele tem razão.

  • O roteirista bêbado

    O Globo, em 22/07/2021

    O enredo do governo do presidente Bolsonaro parece ter sido escrito por um roteirista bêbado que, farto de ganhar a vida com trabalhos medíocres, resolveu, no meio do caminho, ter um ataque de sincericídio e reescrever a história como ela é, e não como a encomendaram.

  • Ninguém desmentiu diretamente

    O Globo, em 22/07/2021

    Diante das manifestações do deputado Artur Lira e do ministro da Defesa, general Braga Neto, estou convencido de que houve o comentário, alguém ouviu e contou para o presidente da Câmara. Não acredito que tenha sido recado, ou ameaça do general. Provavelmente, uma bravata numa conversa informal. É claro que o comentário existiu, e nenhum dos dois desmentiu a história categoricamente. De qualquer maneira, não é bom saber que o ministro da Defesa faz esse tipo de comentário.

  • País precisa de mudanças urgentes

    O Globo, em 21/07/2021

    As coisas não mudam no Brasil e o presidente Bolsonaro continua com a pose de político sério, que não BRE margem para negociações políticas que incluam toma lá, dá cá. E chega a ser impressionante que ele continue representando para boa parte dos eleitores uma solução para o país, depois de tudo o que fez, que disse e desdisse. Acabou com o combate à corrupção e a Lava-Jato, ajudado pelo procurador Augusto Aras, que agora indicou para recondução para mais dois anos.

  • Semipresidencialismo é golpe

    O Globo, em 20/07/2021

    Aprovar qualquer mudança do sistema de governo, seja para o parlamentarismo ou o semipresidencialismo, a um ano da eleição presidencial é golpe contra os dois principais candidatos no momento segundo as pesquisas eleitorais: o ex-presidente Lula e o presidente Bolsonaro.