Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos

Artigos

  • Pirâmides do ódio

    O Globo, em 05/08/2020

    Não conhecia Felipe Neto, o mais famoso youtuber brasileiro, influenciador de jovens, inclusive da geração de minha neta de 10 anos, até que ganhou também prestígio político, depois que, num vídeo no “New York Times”, considerou Bolsonaro o pior presidente do mundo na reação à pandemia. 

  • Da distopia à utopia

    O Globo, em 22/07/2020

    As promissoras notícias sobre as vacinas de Oxford e da China, com o início dos testes em milhares de voluntários no Brasil, nos fazem olhar com melhores olhos o nosso amanhã, ainda que com cautela.

  • Mais uma crise?

    O Globo, em 15/07/2020

    O que mais tenho ouvido de colegas de geração é “nunca pensei”. “Nunca pensei que fosse viver tantas crises ao mesmo tempo”, “que fosse enfrentar uma pandemia como esta”, “que fosse sentir tanta insegurança” e assim por diante.

  • O que mais se despreza

    O Globo, em 01/07/2020

    O constrangimento maior nessa história do currículo de Carlos Decotelli, que deixou o governo ontem antes de tomar posse, acabou ficando por conta de Bolsonaro porque, ao fazer o anúncio oficial do novo ministro, coube a ele a primazia de endossar como verdadeiros os dois títulos falsos de Decotelli, que não era nem “doutor pela Universidade de Rosário, na Argentina”, e, portanto, nem “pós-doutor pela Universidade de Wüppertal, na Alemanha”. 

  • Vale tudo. Ou quase

    O Globo, em 24/06/2020

    Nesse escândalo protagonizado pelo senador Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz, há desvio de recursos públicos, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, depósito na conta da primeira-dama, conexão com as milícias, mas o que chamou mais a atenção foi a rápida aparição de uma figura que roubou a cena por seu confuso desempenho. 

  • Um herói muito atual

    O Globo, em 17/06/2020

    Num momento em que militares de alta patente, sob o comando de um capitão desorientado, se envolvem cada vez mais com a política, e nem sempre com moderação, é importante observar essa sábia opinião, de 1956: “O Exército deveria ser o grande mudo da vida nacional”.

  • Temporada de reveses

    O Globo, em 10/06/2020

    Sem querer — na verdade, contra sua vontade — Bolsonaro conseguiu um feito histórico, porque inédito: unir numa parceria seis veículos de imprensa do Rio e de São Paulo. De fato, O GLOBO, “Extra”, “O Estado de S.Paulo”, “Folha de S.Paulo”, G1 e UOL formaram um consórcio para coletar junto às secretarias de Saúde dos 26 estados e do Distrito Federal os dados corretos sobre a pandemia.

  • Em defesa da democracia

    O Globo, em 03/06/2020

    O que há de comum entre membros de torcidas organizadas e intelectuais, artistas, políticos e juristas? É que eles, depois de um longo silêncio, acabam de se expressar, por meio de manifestos e na rua, em defesa da nossa ameaçada democracia.

  • O troco de Barroso

    O Globo, em 27/05/2020

    Ainda estávamos sob o impacto do vídeo, e algumas imagens teimavam em permanecer na memória, uma das quais se impunha: Bolsonaro plagiando Mussolini. “Só um povo armado é forte e livre” — escancarava. — “Povo armado jamais será escravizado. Eu quero todo mundo armado”. Nos dois casos, por “povo” entenda-se milicianos.

  • Nebulosas transações

    O Globo, em 20/05/2020

    Os mais de 55 milhões de brasileiros que votaram em Jair Bolsonaro acreditando em sua promessa de acabar com as velhas práticas políticas certamente não suspeitavam que pouco mais de um ano depois iriam vê-lo associado a vários rolos e escândalos.

  • No país de Bolsoshenko

    O Globo, em 13/05/2020

    Eles se juntam por afinidade de opinião. O presidente do Brasil e o ditador da Bielorrússia são contrários às medidas de isolamento social para combater o novo coronavírus.

  • Os generais e o capitão

    O Globo, em 06/05/2020

    Foi muito oportuna a nota do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, declarando que as “Forças Armadas estarão sempre ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade. Este é o nosso compromisso”. Não foi uma afirmação gratuita.

  • A culpa é da Covid-19?

    O Globo, em 29/04/2020

    Coube ao vice-presidente Hamilton Mourão arranjar uma desculpa para justificar o escandaloso namoro de Bolsonaro com os partidos do centrão (PP, PL, PSD, Republicanos), em suma, com todos aqueles que ele dizia abominar por pertencerem à “velha política”, fisiológica, do tudo por um cargo.