Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos

Artigos

  • Provas podem ser todas anuladas

    O Globo, em 24/02/2021

    Ainda há outros habeas corpus do senador Flavio Bolsonaro a serem julgados, mas não me surpreenderia se Fabricio Queiroz fosse liberado também e que as demais provas não sejam anuladas.

  • Contendo danos

    O Globo, em 23/02/2021

    Faz bem o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira, em anunciar a regulamentação pelo Congresso do artigo 53 da Constituição, que trata da imunidade parlamentar, para evitar novos casos como o do deputado federal Daniel Silveira, que obrigou os deputados a acatarem a ordem de prisão do Supremo Tribunal Federal para evitar uma crise institucional ao apoiar um criminoso.

  • Preparando o futuro

    O Globo, em 21/02/2021

    Sem entender, ou se preocupar, com a importância de cada palavra sua, especialmente em questões sensíveis como a administração de uma estatal como a Petrobras, que tem acionistas em várias partes do mundo, o presidente Bolsonaro prometeu que na próxima semana teremos mais surpresas como a que derrubou o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e colocou em seu lugar mais um general.

  • Conselheiros da Petrobras resistem a mudanças

    O Globo, em 21/02/2021

    Alguns membros do Conselho de Administração da Petrobras tiveram uma reunião hoje com o ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, que garantiu a eles que nada mudaria no mecanismo de reajuste de preços da estatal.

  • Diretoria sai junto com presidente da Petrobras

    O Globo, em 19/02/2021

    Toda a diretoria da Petrobras pretende sair junto com o presidente Roberto Castello Branco, e o Conselho de Administração terá que ser também demitido caso a substituição de Castello Branco no Conselho pelo General Joaquim Silva e Luna se dê antes de 25 de março, quando termina seu mandato de dois anos como conselheiro.

  • A que ponto chegamos

    O Globo, em 18/02/2021

    Nossa mais recente crise institucional, não a derradeira, é consequência da leniência com que as instituições vêm tratando os frequentes abusos autoritários do presidente Bolsonaro e de seus radicais seguidores.

  • Operação abafa

    O Globo, em 16/02/2021

    Uma entrevista do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso ao historiador Marco Antonio Villa está viralizando nas redes sociais, como contraponto à campanha de tentativa de desmoralizar a Operação Lava-Jato, com o objetivo de anular a condenação do ex-presidente Lula pelo então juiz Sergio Moro por parcialidade no processo do triplex do Guarujá, sentença que foi confirmada no Tribunal Regional Federal em Porto Alegre e no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em Brasília.

  • Vacinação em debate

    O Globo, em 14/02/2021

    O debate sobre a vacinação em massa contra a Covid-19 toma conta do mundo, assolado por uma pandemia e, até o momento, sem produção de vacinas suficiente para imunizar a maioria das populações, especialmente dos países emergentes ou pobres.

  • Político quer elogio

    O Globo, em 12/02/2021

    A mudança do local da sala de imprensa na Câmara dos Deputados é simplesmente uma maneira de o presidente Artur Lira evitar de falar com jornalistas quando ele não quiser.

  • E la nave va

    O Globo, em 11/02/2021

    Em novembro de 1993, a Polícia Federal encontrou na casa do diretor de relações institucionais da Odebrecht em Brasília, Ailton Reis, documentos que implicavam 350 políticos em esquema de corrupção na distribuição de verbas do Orçamento da União para empreiteiras.

  • O julgamento é político, nada a fazer

    O Globo, em 10/02/2021

    Em seu voto no julgamento sobre o acesso da defesa de Lula às mensagens dos procuradores da Lava-Jato,  o ministro Edson Facchin optou por apenas fazer uma reclamação formal, em vez de reagir com as armas do regimento e suspender a questão até que ela fosse ao plenário. 

  • A fila anda

    O Globo, em 09/02/2021

    A desintegração partidária exposta pelas traições em série na recente eleição para a presidência da Câmara provocou uma rebordosa que pode ter consequências profundas na corrida presidencial do próximo ano.