Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos

Artigos

  • Maimônides

    Diário da Manhã (GO), em 23/02/2017

    Valderez Ferreira Braga tem um admirável currículo. Com a cultura amealhada em seus diversos cursos nacionais e internacionais, é autora da obra Rumos Culturais da Constelação USA: um olhar verde e amarelo (ED. Manole, 2017), de grande significância na literatura pedagógica universal.

  • O canto dos cegos

    Diário da Manhã (GO), em 15/02/2017

    Desde que assumi a presidência do Ciee/Rio, preocupo-me com as atividades dos indivíduos portadores de deficiências físicas. No Brasil, segundo dados do Censo existem 65 milhões de pessoas com deficiência visual severa, das quais 506 mil são irremediavelmente cegas. Ocorreu-me então, propor ao professor Carlos Alberto Serpa, presidente da Fundação Cesgranrio a criação de um organismo, em parceria com o Ciee para dar vida ao Coral Sidney Marzullo, em homenagem a quem se dedicou, na União dos Cegos, a um longo trabalho voltado para os deficientes visuais.

  • Retratos da República

    O Estado do Maranhão, em 08/02/2017

    O memorialista Pedro Nava dizia que a experiência “é um farol voltado para trás”. Graças à experiência aliada à impagável vivência do historiador Vasco Mariz, o escritor lançou Retratos da República (Ed. Resistência Cultura, São Luiz, Maranhão, 2017), usando os mesmos critérios que, em muito, agradaram os leitores de Retratos do Império - Os Orleans, os Saxe-Coburgo e outras personalidades da época (Ed. Topbooks, 2016).

  • O canto dos cegos

    O Globo, em 17/01/2017

    ‘Aprendi que, mesmo com a deficiência, é possível crescer e se desenvolver no mercado de trabalho igual a qualquer pessoa’, diz operador de telemarketing.

  • O CIEE e a Educação à distância

    Diário da Manhã (GO), em 11/01/2017

    Uma experiência notável de EAD no Brasil está sendo realizada sob a liderança do Centro de Integração Empresa-Escola de São Paulo. No ar desde março de 2005, hoje dispõe de 37 cursos de curta duração, contemplando um total de 2,5 milhões de matrículas registradas.

  • As vantagens da reforma

    Diário da Manhã (GO), em 23/12/2016

    Numa prova de que dispõe de musculatura no Congresso Nacional, o presidente Michel Temer aprovou a polêmica reforma do ensino médio, com algumas inovações essenciais. O projeto passou pela Câmara dos Deputados e agora subirá à consideração do Senado da República, se a PGR não atrapalhar.

  • A arte de fazer crônicas

    Correio Braziliense , em 19/12/2016

    O Rio de Janeiro ganhou novo evento para celebrar a literatura. O Salão Carioca do Livro (LER), com o apoio da Fundação Cesgranrio, realizado no Pier Mauá, ocupou com sucesso a região do Boulevard Olímpico. Com acesso gratuito ao público, a programação celebrou a literatura em toda a sua diversidade. Coube a mim falar sobre "A arte de escrever crônicas."  

  • Em busca de talentos

    Tribuna de Petrópolis - RJ, em 15/12/2016

    Estamos vivendo uma fase de transição no que se refere ao ensino médio. Há um convencimento geral de que essa etapa intermediária vai muito mal, depois de uma série de tentativas de mudanças. Tivemos o ensino profissionalizante obrigatório, em 1971, com resultados verdadeiramente decepcionantes. Contribuiu para isso a falta de professores especializados e a ausência de laboratórios e bibliotecas devidamente apetrechados.

  • Um mito da estética brasileira

    A Gazeta (ES), em 08/12/2016

    A arte chegou cedo na vida de José Ribamar Ferreira. Ele era ainda garoto quando começou a pintar. Descobriu as artes plásticas durante uma aula no Colégio São Luís de Gonzaga, na capital maranhense. Tinha 12 anos. A professora armava, na frente da classe, um cavalete com uma série de gravuras e a molecada tinha de fazer redações para descrevê-las. "Um dia, quando vi aquelas gravuras grandes, me deu vontade de fazer uma delas. Comprei um caderno de desenho e lápis de cor e aí tentei imitar", contava aos colegas. 

  • Orgulho africano

    Diário da Manhã (GO), em 30/11/2016

    A Flinksampa, evento idealizado pela Faculdade Zumbi dos Palmares e pela ONG Afrobrás, ganha, a cada edição, mais força e visibilidade para colocar em prática aquilo que motivou a sua criação. Este ano, com o lema “Eu quero liberdade”, fez referência ao direito do negro à liberdade física, de expressão individual e coletiva, de exercer qualquer trabalho ou profissão.

  • Pacote diabólico

    O Globo, em 22/11/2016

    Podemos garantir que a extinção da Secretaria estadual de Cultura não representa nenhuma economia apreciável.

  • Na Terra para servir

    Diário da Manhã (GO, em 18/11/2016

    Há certos momentos em que devemos deixar o conforto das nossas vidas para experimentar novas emoções. Sobretudo se é para conhecer projetos altamente enriquecedores, como o que acabo de conhecer.

  • A origem da Rádio MEC

    Tribuna de Petrópolis (RJ), em 10/11/2016

    Marlene Blois é uma especialista em rádio educativo. Como estudiosa na matéria, guardou uma série de documentos preciosos, como os que se referem à origem da Rádio Ministério da Educação, a antiga PRA-2 do Rio de Janeiro.

  • A Cultura de David Pérez

    Diário do manhã (GO), em 09/11/2016

    Dois discursos históricos de despedida não saem da minha memória, como professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Foram mestres exemplares da instituição: Afonso Arinos de Melo Franco e David José Pérez. Suas orações, quando homenageados pelo início da inexorável aposentadoria, representaram peças primorosas de cultura.

  • A odisseia do nosso Ulysses

    O Globo, em 12/10/2016

    ‘Ulysses’, o histórico romance de James Joyce, com os seus 18 capítulos, é uma das obras literárias mais conhecidas da humanidade. No Brasil, a tradução do imortal Antônio Houaiss, colocando em língua portuguesa os 18 cantos da “Odisseia”, de Homero, tornou mais acessível esse importante trabalho. Mas, cá entre nós, o nosso povo tem mesmo orgulho é de outro Ulysses — o Guimarães —, que se vivo fosse estaria agora comemorando os seus primeiros 100 anos de vida.