Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Noticias > Mesa-redonda "Reflexões sobre dois centenários: Norberto Bobbio e Isaiah Berlin" na ABL

Mesa-redonda "Reflexões sobre dois centenários: Norberto Bobbio e Isaiah Berlin" na ABL

 

Sob moderação do Acadêmico Alberto Venancio Filho e a presença dos Acadêmicos Celso Lafer e Sergio Paulo Rouanet, aconteceu, no dia 3 de dezembro, a mesa-redonda “Reflexões sobre dois centenários: Norberto Bobbio e Isaiah Berlin”.

O evento foi no Teatro R. Magalhães Jr, às 17h30, com entrada franca e trasmissão ao vivo pelo Portal da ABL.

Saiba Mais

Norberto Bobbio (1909-2003)

Advogado e escritor, nascido na cidade industrial de Turim, norte da Itália, Norberto Bobbio é considerado um dos filósofos mais importantes do século 20. Por sua oposição ao regime fascista, foi preso diversas vezes.

Em 1975, inicia um debate sobre socialismo, democracia, marxismo e comunismo, que influenciou as novas gerações de toda Europa. Professor benemérito da Universidade de Turim, onde deu aulas de Filosofia do Direito, Ciências Políticas e Filosofia da Política durante várias décadas, escreveu para vários jornais e revistas, incluindo o Corriere della Sera, principal diário do país. Também foi professor emérito das universidades de Paris, Buenos Aires, Madri e Bolonha.

Ao longo de sua carreira, publicou centenas de livros, ensaios e artigos. Um de seus livros mais importantes foi “Política e Cultura” que vendeu mais de 300 mil cópias só na Itália e foi traduzido para 19 idiomas. Também foi sucesso internacional seu ensaio “Destra e Sinistra”, uma de suas obras mais vendidas, e “De Senectute e altri scritti autobiografici”. Recebeu o título doutor honoris por diversas vezes, na Itália e em outros países.

Norberto Bobbio sempre lutou contra as ditaduras, pela liberdade individual. Sua vasta obra estuda a filosofia do direito, a ética, a filosofia política e a história das idéias. Nela se discutem temas fundamentais, como a tolerância, relacionada ao preconceito, ao racismo e à questão da imigração. O jornal francês Le Monde o chamou de mâitre-à-penser (mestre do pensamento) do século 20, no mesmo patamar de Raymond Aron e Jean Paul Sartre.

Isaiah Berlin (1909-1997)

Isaiah Berlin nasceu em uma família judia em Riga, na Letônia e aos 10 anos foi com sua família para a Inglaterra, fugindo da Revolução Soviética. Estudou em Oxford, destacou-se como historiador de idéias e é considerado como um dos principais pensadores liberais do século XX..

Seus ensaios mais conhecidos são “The Hedgehog and the Fox” e “Two Concepts of Liberty”, em que examina a distinção entre duas interpretações do termo liberdade: liberdade negativa, ou ausência de impedimentos à ação do indivíduo; e liberdade positiva, ou presença de condições para que os indivíduos ajam de modo a atingir seus objetivos.
 
Isaiah Berlin era considerado, sobretudo, um humanista, pelo combate contra o totalitarismo e contra as forças que associava à formação dos regimes totalitários. Enfatizou uma visão político-teórica centrada no conceito do pluralismo ético, no reconhecimento da diversidade dos valores humanos.

Suas principais obras traduzidas para o português são: “Estudos Sobre a Humanidade: Uma Antologia de Ensaios”; “A Força das Idéias”; “Limites da Utopia: Capítulos da História das Idéias”; “Rousseau e Outros Cinco Inimigos da Liberdade”; “Pensadores Russos”; “O Sentido de Realidade: Estudos das Idéias e de sua História”.

3/12/2009

03/12/2009 - Atualizada em 02/12/2009