Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Noticias > Homenagem ao centenário de morte de Tolstói acontece na ABL

Homenagem ao centenário de morte de Tolstói acontece na ABL

 

A Academia Brasileira de Letras realizou a Mesa-Redonda “Comemoração do Centenário de morte de Tolstói”.

Sob a coordenação do Acadêmico Sergio Paulo Rouanet, a mesa contou com as presenças dos Acadêmicos Carlos Nejar e Moacyr Scliar, como expositores.

A comemoração aconteceu no dia 14 de dezembro, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr.. A entrada foi franca.

O evento tem patrocínio da Petrobras e foi transmitido ao vivo pelo Portal da ABL.

Saiba mais

Léon Tolstói

Léon Tolstói (9/9/1828 – 20/11/1910) foi um escritor russo que teve grande influência na literatura e política em seu país no século XIX.

Dentre suas obras, as mais famosas são “Guerra e Paz” (1865) e “Anna Karenina” (1870). Entre as autobiográficas, destacam-se “Meninice”, “Adolescência” e “Juventude”. Tolstói associava-se à corrente realistas, tentando refletir fielmente a sociedade em que vivia.

Tolstói serviu ao exército durante as guerras do Cáucaso e durante a Guerra da Criméia. E essa experiência tornou-o pacifista.

Aos poucos suas inclinações voltaram-se para a religião. Léon Tolstói tornou-se um cristão evangélico, uma espécie de apóstolo, pregando para os seus, mas acabou sendo excomungado ao renegar a religião ortodoxa.

Em relação à política, tendeu-se ao anarquismo. Criou, inclusive, uma escola alternativa, para a qual escreveu livros didáticos.

Tinha grande fama como romancista, ao mesmo tempo em que atraía a atenção de místicos do mundo inteiro com suas convicções.

Quando distanciou-se de sua família, decidiu ir para um mosteiro. Fugiu de lá no de 1910, com a saúde muito abalada.  Desceu na cidade de Astapovo, onde faleceu.

Ele e seus pensamentos de anarquismo cristão foram uma grande influência para Mahatma Gandhi, que trocou cartas com ele até sua morte.

Veja também

Perfil da ABL no Twitter
Comente o evento no Orkut
Curta no Facebook

Assuntos relacionados

Acadêmicos escrevem sobre Tolstói

14/12/2010

08/12/2010 - Atualizada em 07/12/2010