Início > Acadêmicos > José Sarney > José Sarney

Bibliografia

A Canção Inicial. Poesia. São Luís: Afluente, 1952.
Norte das Águas. Contos. São Paulo: Martins Editora, 1969. 2.ª ed. Com estudo de Josué Montello, Léo Gilson Ribeiro e Luci Teixeira. Rio de Janeiro: Artenova, 1980. 3.ª ed. Lisboa, Ed. Livros do Brasil, 1980. 4.ª ed. Rio de Janeiro: Editora José Olympio, 1993. 5.ª ed. São Paulo: Ed. Siciliano, 2001. 6.ª ed. São Paulo: Ed. Siciliano, 2003.
Marimbondos de Fogo. Poesia. Rio de Janeiro: Artenova, 1978. 2.ª ed., Lisboa: Bertrand, 1986. 3.ª ed., Rio de Janeiro: Alhambra, 1987. 4.ª Ed. São Paulo: Siciliano, 2002.
10 Contos Escolhidos. Brasília: Editora Horizonte, 1985.
Brejal dos Guajas e Outras Histórias. Rio de Janeiro: Editora Alhambra, 1985.
O Dono do Mar. Romance. São Paulo: Siciliano, 1995. 2.ª a 11.ª edição. São Paulo: Ed. Siciliano, 1996 a 2005.
Sexta-feira, Folha. São Paulo: Siciliano, 1994.
A Onda Liberal na Hora da Verdade. São Paulo: Siciliano, 1999.
Saraminda. Romance. São Paulo: Siciliano, 2000. Edição fixada. São Paulo: Ed. Siciliano, 2005.
Saudades Mortas. Poesia. São Paulo: Editora ARX, 2002.
Canto de Página – Notas de um Brasileiro Atento.  São Paulo: Ed. ARX, 2002.
Crônicas do Brasil Contemporâneo. São Paulo: A Girafa, 2004. 2 vols.
Tempo de Pacotilha. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras, 2004. (Coleção Austregésilo de Athayde, v. 20)
Semana Sim, Outra Também (Crônicas do Brasil Contemporâneo). São Paulo: Ed. ARX, 2006
A Duquesa Vale uma Missa.São Paulo: Ed. ARX, 2007.
Crônicas do Brasil Contemporâneo, volume VII. Rio de Janeiro: Ediouro,2008.

Traduções
Norte das águas.
Romeno: Apele de Miazänoapte. Tradução de Micaela Ghitescu. Bucareste: Ed. Univers, 1986.
Inglês: Tales of Rain and Sunlight.Tradução de Vera Hallam, introdução de Antônio Olinto. Londres: Editora Wyvern-Sel, 1986.
Alemão: Die sihne des Alten Antão. Tradução de Curt Meyer-Clason. Munique: Editora Piper, 1987.
Russo: Moscou, 1988.
Chinês: Shangai, 1988.
Espanhol: edição venezuelana (bilíngüe): Presidencia de la Republica, Monte Avila Editores, CA, 1988.
Edição mexicana: Tradução de Neusa Wohlgemuth de Hidalgo, Alina Reis de Bistrain e Cleide Bacil de León. México: Editora Fondo de Cultura Económica, 1988; 2.ª edição, 1989.
Edição em búlgaro: 1989.
Edição em francês: Paris: Stock, 1989.

10 Contos Escolhidos
Italiano: Cristalli di Sali – Gente e leggende del Maranhão. Palermo: Renzo e Rean Mazzone Editori, 1988.
El Concejal Bertoldo y otros cuentos (seleção de 3 contos). Prólogo de C. E. Zavaleta e tradução de Edgardo Rivera Martinez. Lima: Centro de Estudios Brasileños, 1987.
O Dono do Mar
Francês: Capitaine de la mer océane. Tradução de Jean Orecchioni. Prefácio de Jorge Amado. Paris: Hachette, 1997.
Romeno: Stapânul mari. Tradução de Micaela Ghitescu. Bucareste: Editura Fundatiei Culturale Române, 1997.
Edição mexicana: El dueño del mar. Tradução de Francisco Cervantes. México: Fondo de Cultura Económica, 1997. 2.ª edição, 1999.
Grego: Tradução de Katepina Baaxakh. Atenas, 1999.
Árabe: Sayed el Bihar. Tradução de Dar Alfarabi. Beirute: Lebanese Printing CO, 1999.
Inglês: Master of the Sea. Tradução de Gregory Rabassa. Nova York: Aliform Publishing, 2005.
Saraminda
Edição mexicana: México: Fondo de Cultura Econômica, 2001.
Romeno: Bucareste: Vis Print, 2001.
Francês: Paris: Quai Voltaire, 2002; Folio, 2003.
Húngaro: Budapeste, 2004.
Coreano: Seul, 2004.

Discursos, conferências e ensaios
Pesca de Curral. Pesquisa sobre São Luís. Revista de Geografia e Estatística, 1953.
Cultura e Governo. Conferências. São Luís: Ed. Sioge, 1966.
Mensagem à Assembléia Legislativa. São Luís: Governo do Estado do Maranhão, 1967.
Palavras ao Meio Norte – Juarez, uma maneira heróica e sublime de idealismo. São Luís, 1968.
Governo e Povo. Discursos e conferências. Rio de Janeiro: Artenova, 1970.
Petróleo – Novo nome da crise. Discursos. Brasília: Senado Federal, 1976.
Democracia Formal e Liberdade. Discursos. Brasília: Senado Federal, 1977.
Desafio do Futuro. Discursos. Brasília: Senado Federal, 1977.
Desafios do Nosso Tempo. Brasília: Senado Federal, 1977.
Partidos Políticos. Conferência pronunciada em ESG. Brasília: Senado Federal, 1979.
Um Poeta do Meio-Norte. Discurso de recepção a H. Dobal, Academia Brasiliense de Letras. Brasília, 1980.
Recepção na Academia Brasileira de Letras. Discursos de José Sarney e Josué Montello. Rio de Janeiro, 1980.
O Parlamento Necessário. Discursos Parlamentares. I vol. Brasília: Ed. Senado Federal, Artenova, 1981. II vol. Rio de Janeiro: Ed. Artenova, 1982.
Falas de Bem-querer. Discursos. Rio de Janeiro: Ed. Artenova, 1983.
O Direito de Discordar. Campanha da Aliança Democrática. Brasília, 1984.
Palavras do Presidente José Sarney. Brasília: Presidência da República, 1985. 2 vols.
Os Cinco Pontos. Coleção 5 pontos – I. Brasília: Presidência da República, 1985.
Sentimento do Mundo. Assembléia Geral da ONU, 23 de setembro de 1985. Coleção 5 pontos – II, edição bilíngüe. Brasília: Presidência da República, 1985.
Aos Cidadãos o que é dos Cidadãos. Discurso da privatização. 4 de outubro de 1985. Coleção 5 pontos – IV. Brasília: Presidência da República, 1985.
Ponham-se no Meu Lugar. 5 de novembro de 1985. Coleção 5 pontos – V. Brasília: Presidência da República, 1985.
O Brasil não aceita a fome nem negocia a liberdade. Assembléia Geral da ONU, 23 de setembro de 1985. Brasília: Presidência da República, 1985.
Para que o Brasil faça de 1986 um feliz ano novo. 28 de novembro de 1985. Coleção 5 pontos – VI. Brasília: Presidência da República, 1985.
A Palavra do Presidente. Discursos e mensagens. Brasília: Presidência da República, 1985 / 1990. 6 vols.
O Povo é o Fiscal. 28 de fevereiro de 1986. Coleção 5 pontos – VII. Brasília: Presidência da República, 1986.
Discurso na Academia de Ciências de Lisboa. Lisboa: Bertrand, 1986.
As definições da Nova República nas palavras do Presidente José Sarney. Brasília: Presidência da República, 1986.
Conversa ao Pé do Rádio. Brasília: Presidência da República, 1987 / 1990. 2 vols.
Desarmamento e Paz. Assembléia Geral da ONU, 7 de junho de 1988. Brasília: Presidência da República, 1988.
Reflexão sobre o Mundo. Assembléia Geral da ONU, 25 de setembro de 1989. Brasília: Presidência da República, 1990.
Governo da Liberdade e das Causas SociaisCongresso Nacional, 4 de janeiro de 1990. Brasília: Presidência da República, 1990.
A Grande Missão do Supremo Tribunal Federal. Brasília: Senado Federal, 1991.
América Latina, Perplexidade e Futuro. Brasília: Senado Federal, 1992.
O Amapá Vai Ser Forte. Brasília: Senado Federal, 1992.
O Brasil e a Nova Ordem Mundial. Escola de Comando e Estado Maior do Exército. Brasília: Senado Federal, 1993.
Um Congresso de Moralidade, Eficiência e Trabalho. Brasília: Senado Federal: 1995.
O Senado Federal e as Relações Internacionais (com o Senador Josaphat Marinho). Brasília: Senado Federal, 1996.
Em Defesa das Pequenas e Microempresas. Brasília: Senado Federal, 1996.
Mercosul, o Perigo Está Chegando. Brasília: Senado Federal, 1997.
Amapá: a Terra onde o Brasil Começa (com Pedro Costa). Brasília: Senado Federal, 1998. 2.ª ed., 2000. 3.a ed. 2005.
Rio Branco e a Questão do Contestado. Brasília: Senado Federal, 2000.
Tancredo – O Estadista da Conciliação. Brasília: Senado Federal, 2001.
Jogo Sujo na sucessão – Democracia Ameaçada. Brasília: Senado Federal, 2002.
Paz. Brasília: Senado Federal, 2003.
Sessão Solene do Congresso Nacional destinada a comemorar o Jubileu de Prata do Pontificado de Sua Santidade o Papa João Paulo II. Brasília: Congresso Nacional, 2003.
Acidente em Alcântara. Brasília: Senado Federal, 2003.
Abertura da Sessão Legislativa de 2004. Brasília: Senado Federal, 2004.
Vinte Anos de Democracia. Brasília: Senado Federal, 2005.
Vinte Anos de Democracia 2. Brasília: Senado Federal, 2005.
Tempo de Crise. Brasília: Senado Federal, 2005.
Evocação de Juscelino. Brasília: Senado Federal, 2005.
A Verdade sobre a Zona Franca do Amapá. Brasília: Senado Federal, 2005.
Séance en l’honneur de l’Acadêmie Brésilienne des Letres. Paris: Académie Française, 2005.
Vinte Anos de Plano Cruzado. Brasília: Senado Federal, 2006.
Carta de Amor a Macapá. Brasília: Senado Federal, 2008.
Oscar Niemeyer: Cem Anos. Brasília: Senado Federal, 2008.
O Imperador António Vieira. Brasília: Senado Federal, 2008.
A Resposta. Brasília: Senado Federal, 2009.
Recepção a Joaquim Campelo Marques. São Luís: Academia Maranhense de Letras, 2009