Início > Noticias > Série “MPB na ABL”apresenta espetáculo “Zezé Motta – 45 anos de carreira”

Série “MPB na ABL”apresenta espetáculo “Zezé Motta – 45 anos de carreira”

O espetáculo, denominado “Zezé Motta – 45 anos de carreira”, foi uma homenagem à atriz e cantora que se transformou em sensação mundial ao estrelar o filme Chica da Silva, do diretor Cacá Diegues. O show contou com a participação do jornalista e musicólogo Ricardo Cravo Albin, responsável por um bate-papo informal no palco, com o objetivo de dar ao público informações sobre a vida da homenageada. O evento aconteceu no dia 15 de agosto, quarta-feira, às 12h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., 280 lugares, na sede da ABL – Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro.

A série “MPB na ABL”, com entrada franca e transmissão ao vivo pelo Portal, tem patrocínio da Petrobras.

Saiba mais

Atuando com assiduidade na televisão, no cinema e nos shows, e saudada como a mais importante atriz-cantora do país, Zezé Motta cantará alguns de seus mais importantes sucessos, incluindo as muitas homenagens musicais que lhe foram prestadas como “Magrelinha”, de Luiz Melodia, e “Eu sou Zezé”, de Rita Lee, além do tema-título do filme Chica da Silva, de Jorge Ben Jor, e do samba Senhora Liberdade, de Ney Lopes e Wilson Moreira. Segundo o musicólogo e jornalista Ricardo Cravo Albin, “Zezé Motta se transformou, graças ao carisma como atriz e à voz privilegiada como cantora, numa sensação mundial, quando estrelou o filme de Cacá Diegues, exibido em todo o mundo com sucesso”.

Maria José Motta de Oliveira, nome de batismo de Zezé Motta, nasceu em Campos dos Goytacazes, no dia 27 de junho de 1948. Mudou-se com a família para o Rio de Janeiro quando tinha dois anos de idade. Frequentou a escola do teatro Tablado. Começou a carreira de atriz em 1967, estrelando a peça Roda-viva, de Chico Buarque. Em 1969, atuou em Fígaro, fígaro, Arena canta Zumbi e A vida escrachada de Joana Martini e Baby Stompanato. Em 1972, participou de Orfeu negro e, em 1974, atuou em Godspell. A carreira de cantora teve início em 1971, em casas noturnas paulistas. De 1975 a 1979, lançou três LPs. Nos anos 1980, lançou mais três discos. Nunca conseguiu engravidar e, ao longo de sua vida, adotou cinco meninas. Participou de filmes como Vai trabalhar, vagabundo, Ouro Sangrento, Anjos da Noite, Tieta do Agreste, Chica da Silva – que a consagrou internacionalmente – e Orfeu. Em 1994, gravou a canção “O ciclo da vida”,abertura do filme O rei leão (1994). Atuou na telenovela Chica da Silva, em 1996, vinte anos depois de protagonizar o filme, no qual fez o papel de mãe de Chica, no começo, e Chica, na maturidade, no fim.

Veja também

Perfil da ABL no Twitter
Comente o evento no Orkut
Curta no Facebook

15/8/2012

09/08/2012 - Atualizada em 08/08/2012