Início > Artigos

Artigos

  • Contra a corrente

    O Globo, em 02/12/2017

    Assim como o presidente Michel Temer, seguindo o conselho do publicitário Nizan Guanaes, está aproveitando sua vasta impopularidade para tentar aprovar reformas como a da Previdência, também veremos na próxima campanha presidencial candidatos teoricamente sem chances de vitória, como o economista João Amoedo do Partido Novo, fazendo discursos contramajoritários no sentido de enfrentar a opinião pública aparelhada.

  • No meu tempo …

    O Estado do Maranhão, em 02/12/2017

    Minha geração está indo embora e a nostalgia nos leva a fazer um balanço de nossas vidas. Daí o gosto dos velhos por contar histórias. As nossas conversas começam sempre com aquele chavão “no meu tempo…” E realmente cada tempo é seu tempo.

  • O ódio é um veneno

    O Globo, em 02/12/2017

    Parece que não é a sociologia que vai resolver isso, mas a psicoterapia, já que não é uma questão ideológica, mas de ego ferido por rancores vãos.

  • Democracia em crise

    O Globo, em 01/12/2017

    O economista Eduardo Giannetti da Fonseca defendeu ontem, em palestra na Academia Brasileira de Letras (ABL), que o patrimonialismo que domina o Estado brasileiro é a principal causa da disfunção de nossa democracia, e por isso a Operação Lava Jato tem importância como a principal ação corretiva de uma situação que predomina desde que o Brasil foi descoberto pelos portugueses.

  • Lava Jato acelera

    O Globo, em 30/11/2017

    Todos os indícios levam a crer que o ano eleitoral de 2018 será também o ano em que a Operação Lava Jato terá mais agilidade nas investigações e, sobretudo, nas decisões sobre novos processos contra políticos. Além do anúncio de que os procuradores de Curitiba, Rio e São Paulo trabalharão em conjunto a partir do próximo ano, a presidente do Supremo Tribunal Federal(STF), ministra Cármen Lúcia, colocou à disposição dos ministros da corte mais 36 funcionários e 10 juízes, para acelerar o andamento dos processos decorrentes da Lava-Jato.

  • Fora do prumo

    O Globo, em 29/11/2017

    O PSDB decididamente perdeu o rumo. No mesmo momento político em que decide dar ao governador de São Paulo Geraldo Alckmin a presidência do partido com o objetivo de tentar uni-lo em torno de sua candidatura à presidência da República no ano que vem, toma duas atitudes completamente divisionistas: a bancada na Câmara decidiu impor condições para aprovar a reforma da Previdência, defendendo privilégios para servidores públicos; e divulga um documento pelo Instituto Teotônio Vilella com pretensas diretrizes para o programa partidário que não foi colocado em discussão.

  • Velho é quem se acha

    O Globo, em 29/11/2017

    Junte as fotos de Dom Pedro II e Caetano Veloso. Quem é o mais jovem? O compositor, certo? Errado. O imperador era nove anos mais novo.

  • O que fará a diferença?

    O Globo, em 28/11/2017

    A questão central dessa campanha presidencial que já começou não é se Lula será ou não candidato, embora essa seja uma premissa fundamental. O que ninguém sabe é o que prevalecerá, se as máquinas partidárias e suas conseqüências, como alianças partidárias e tempo de propaganda eleitoral, ou a repulsa, cada vez mais sentida, do cidadão comum aos partidos e políticos tradicionais, e a busca de um novo perfil de candidatos.

  • Campeã de audiência

    O Globo, em 26/11/2017

    Fiquei fascinado pela voz de Nana Caymmi desde que a ouvi pela 1ª vez. Tornei-me amigo dela, e tive a regalia de escutá-la cantando em sua casa.

  • Uma Corrida maluca

    O Globo, em 26/11/2017

    A corrida presidencial está mais parecendo aquela corrida maluca dos desenhos animados do Hanna Barbera, cada concorrente às voltas com obstáculos criados por seus próprios problemas. Agora chegou a vez do governador de São Paulo Geraldo Alckmin, que teve um inquérito contra si pedido pela Procuradoria-Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que é o foro especial de governadores para crimes comuns.  

  • Uma burrice a mais

    Folha de São Paulo (RJ), em 26/11/2017

    O Brasil atravessa um dos seus piores momentos no campo financeiro e moral. Não entendo de economia, tampouco de moral. Segundo comentava Nelson Rodrigues, a esbórnia das propinas envergonha atá mesmo as cotias do Campo de Santana.

  • Proteção especial

    O Globo, em 25/11/2017

    Além da discussão própria do tema polêmico, a restrição do foro privilegiado terá um capítulo especial que certamente ganhará destaque, a definição sobre o alcance da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), se e quando houver um desfecho conseqüente do caso. Pela visão do relator, ministro Luis Roberto Barroso, a decisão abrange todos os cargos que têm hoje foro privilegiado, que passaria a valer apenas para crimes acontecidos durante o mandato e em conseqüência dele.