Início > Noticias > Senador José Sarney é homenageado em Nova York

Senador José Sarney é homenageado em Nova York

O senador José Sarney (PMDB-AP), no dia 1 de março, recebeu da União Brasileira dos Escritores de Nova York - UBENY - a Medalha Machado de Assis, dada aos grandes nomes da literatura brasileira. A UBENY auxilia escritores brasileiros de Nova York na edição e divulgação de suas obras. A entidade se dedica, também, a preservar e transmitir a língua portuguesa, através da divulgação de grandes nomes da literatura brasileira, contribuindo para a preservação e o desenvolvimento cultural da comunidade brasileira nos Estados Unidos.

Na homenagem, organizada por Domício Coutinho, presidente da UBENY, houve o descerramento de um quadro a óleo com a imagem do ex-Presidente e contou com as presenças de Susal Segal, Presidente e Diretora Executiva da Americas Society (Sociedade das Américas) e Council of the Américas (Conselho das Américas); William Rhodes, Presidente do Conselho Diretor da Instituição (que é também presidente do Citigroup), além de Alian Belda, Diretor Executivo da matriz da Alcoa; o Cônsul-Geral do Brasil em Nova York, Embaixador José Alfredo Graça Lima; o editor do Presidente Sarney nos EUA, Jay Miescowiec; e personalidades do mundo literário e de negócios em Nova York.

Na oportunidade, grande número de membros da comunidade de brasileiros em Nova York e integrantes da imprensa brasileira, assistiram à leitura de trechos da obra do senador, que contou com a participação do professor de literatura Gregory Rabassa, tradutor do romance "O Dono do Mar" e considerado nos EUA um dos maiores tradutores do português e do espanhol para o inglês. O renomado professor tem mais de 40 anos como tradutor e mais de 50 livros traduzidos. Dos grandes nomes da literatura brasileira, Rabassa traduziu Machado de Assis, Jorge Amado, Clarice Lispector, Dalton Trevisan, José Sarney entre outros. Na ocasião, Sarney respondeu perguntas e debateu assuntos culturais diversos com os participantes do evento.

A homenagem fez parte de uma série de encontros promovidos pelas instituições Americas Society, Council of the Américas e a própria União Brasileira dos Escritores de Nova York (UBENY), ocorridos entre os dias 27 de fevereiro e 2 de março. A Americas Society e o Council of the Americas são instituições associadas, com a mesma sede em Nova York, dedicadas a ampliar a compreensão do público norte-americano acerca dos países das Américas.

Importante instrumento da política externa norte-americana, a Americas Society procura analisar os acontecimentos do Hemisfério Ocidental por meio de um programa com foco nas sociedades, culturas, políticas e economias dos países vizinhos dos EUA, de modo a expor os formadores de opinião americanos à arte, música e literatura das Américas. O Council of the Americas é mais voltado para o mundo empresarial e financeiro, procurando promover no Hemisfério os ideais de democracia, livre comércio e Estado de direito, mantendo para isso um grande programa de conferências, grupos de trabalho, missões comerciais e entrevistas, com o objetivo de acompanhar os desdobramentos e a evolução da região.

No encontro mais dedicado aos aspectos econômico-financeiros, do dia 2 de março, também promovido pelo Council of the Américas, Sarney reuniu-se com representantes do mercado financeiro e do mundo de negócios em Nova York, quando fez questão de discutir assuntos importantes das relações bilaterais, destacar a política econômica do governo Lula e a necessidade de investimentos externos no Brasil e no Amapá.

Diário do Amapá (AP) 8/3/2007

08/03/2007 - Atualizada em 07/03/2007