Início > Artigos

Artigos

  • Como descobrir o outro

    Folha Dirigida (São Paulo), em 15/08/2017

    Se considerarmos o trabalho da Unesco para o século 21, coordenado por Jacques Delors, são quatro os pilares da educação: 

  • Saco sem fundo

    O Globo, em 13/08/2017

    A questão do financiamento das campanhas eleitorais brasileiras voltou ao centro do debate político com a criação do tal Fundo Especial de Financiamento da Democracia (FFD) de R$ 3,6 bilhões aprovado por uma Comissão Especial e já rejeitado por parte dos deputados, inclusive o presidente da Câmara Rodrigo Maia.

  • Sonho dourado

    O Globo, em 13/08/2017

    Sempre cultivei um sonho dourado: quando eu ficasse velho, queria ser guia turístico do Jardim Botânico.

    Mas meu sonho, como tantos outros, fracassou. O Jardim Botânico está cheio de plaquinhas em português e inglês, explicando quase tudo. E, como se não bastasse, é dirigido por Sérgio Besserman Vianna, que é muito culto, sabe esclarecer os visitantes sobre os babados da chegada de Dom João VI ao Rio, fugindo das tropas de Napoleão.

  • Lição de um desenganado

    O Globo, em 13/08/2017

    Há exatos 30 anos — dez antes de sua morte — fiz a primeira grande entrevista com Betinho, que nascera hemofílico, fora tuberculoso na juventude, já estava com o vírus HIV e às voltas com hemorragias e artroses desde criança, tinha tudo para ser pessimista. E, no entanto, acabou fazendo de sua luta contra a morte uma alegre e exemplar lição de vida.

  • Elefante epiléptico

    Folha de S. Paulo (RJ), em 13/08/2017

    Não estou me referindo a Donald Trump, apesar de sua mania ao tratar da política externa dos Estados Unidos. O problema dele é que pode afetar o mundo inteiro ao ameaçar uma represália fulminante para a questão da Coreia do Norte.

  • Um silêncio ensurdecedor

    O Globo, em 12/08/2017

    A chegada das Forças Armadas ao Rio de Janeiro fez desfilarem na minha memória três décadas de tentativas de conter a violência que assombra o estado. Como um choro cada vez com menos força, como uma faca que perde seu fio, a indignação e a angústia dos cariocas parecem deslizar perigosamente para o desalento.

  • Repensar o país

    O Globo, em 12/08/2017

    Em tempos de crise nunca vista, é preciso pensar o futuro. Este é o objetivo do livro  ‘Retomada do Crescimento - Diagnóstico e Propostas’, da editoria Elsevier, uma coletânea de análises sobre o Brasil no período atual e propostas para a superação dos seus principais problemas, organizado pelos economistas Fabio Giambiagi e Mansueto Almeida. 

  • Como descobrir o outro

    Diário da Manhã (GO), em 11/08/2017

    Se considerarmos o trabalho da Unesco para o século 21, coordenado por Jacques Delors, são quatro os pilares da educação:

    1. Aprender a conhecer; 2. Aprender a fazer; 3. Aprender a viver juntos e 4. Aprender a ser.

  • O distritão em debate

    O Globo, em 10/08/2017

    O sistema eleitoral majoritário para a Câmara dos Deputados, conhecido como distritão, que elege os deputados mais votados em cada Estado sem coligações partidárias ou exigência do quociente eleitoral (número mínimo de votos para cada vaga) pode sair vencedor na reforma político-eleitoral que está sendo discutida na Câmara se for aprovada como uma transição para o voto distrital misto em 2022, mas não se for um projeto permanente, ou um caminho para o parlamentarismo, como quer o PSDB.

  • Reforma difícil

    O Globo, em 09/08/2017

    Muitas das propostas de reforma política que estão no Congresso precisam ser votadas até setembro para valer nas eleições de 2018, como por exemplo o fim das coligações nas eleições proporcionais e uma cláusula de barreira, isto é, uma votação mínima a ser negociada para os partidos que queiram ter atuação no Congresso.

  • O país que dá gosto

    O Globo, em 09/08/2017

    No esporte, quem não vibrou vendo Paris se curvar aos pés do craque mais valorizado do mundo? Que tal mais de 40 mil franceses gritando ‘Neymar, Neymar’?
     

  • No mesmo lugar

    O Globo, em 08/08/2017

    O país tem tantos problemas que dependem de uma decisão do Congresso que, tudo indica, não haverá tempo nem coesão política para resolver todos eles a tempo hábil. Os dois principais temas que exigem uma atenção especial dos nossos parlamentares são as reformas política e a da Previdência, sendo que a política tem um limite de tempo fixo: tem que ser aprovada até setembro para poder valer para a eleição de 2018.

  • Lula joga com a morte

    O Globo, em 06/08/2017

    O ex-presidente Lula, na sua campanha para poder se candidatar à presidência em 2018, tentando assim escapar de uma possível prisão, deu uma declaração em conversa gravada em vídeo com um deputado petista que resume bem sua disposição política atual. Embora bombástica, não teve a repercussão que provavelmente buscava, talvez pela desimportância do interlocutor, talvez pela postura claramente eleitoreira:

  • Turista de quinta

    O Globo, em 06/08/2017

    Sou sempre aquele brasileiro anedótico, que compara as maravilhas do universo com as trivialidades de sua terra natal.